Substituição do Farelo de Trigo por Palma com Ureia em Dietas Para Novilhas

Substituição do Farelo de Trigo por Palma com Ureia em Dietas Para Novilhas

Discente: 
Carolina Corrêa de Figueiredo Monteiro
Orientador: 
Airon Aparecido Silva de Melo

Avaliou-se a substituição do farelo de trigo (0, 33, 66 e 100%) por palma forrageira com ureia/sulfato de amônio (9:1) para novilhas leiteiras alimentadas com dieta à base de cana-de-açúcar corrigida com ureia. Foram utilizadas 24 novilhas mestiças holandês/Zebu em delineamento inteiramente casualizado, em que o peso inicial dos animais foi tomado como covariável. O teste de Willian foi utilizado como ferramenta para auxiliar a recomendação de nível seguro quando o efeito foi linear decrescente. Os consumos de matéria seca (kg/dia e %PC), matéria orgânica, fibra em detergente neutro (kg/dia e %PC), carboidratos totais e nutrientes digestíveis totais apresentaram efeito quadrático (P<0,05). Houve efeito linear crescente (P<0,05) para o consumo de proteína degradada no rúmen. Nos coeficientes de digestibilidade da matéria seca, matéria orgânica e carboidratos não fibrosos houve efeito quadrático (P<0,05), coeficiente de digestibilidade da proteína bruta e fibra em detergente neutro houve efeito linear crescente e decrescente, respectivamente. Para as variáveis de concentração de nitrogênio ureico plasmático, excreção de ureia urina, balanço de nitrogênio, síntese de nitrogênio microbiano e eficiência de proteína microbiana não apresentaram efeito. Houve efeito linear decrescente (P<0,05) para desempenho dos animais, em que o teste de Willian indicou que a queda do desempenho ocorreu no nível de maior substituição. A palma forrageira com ureia pode substituir até 66% do farelo de trigo em dietas à base de cana de açúcar para novilhas leiteiras.